calendário

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

BREVES REGISTOS

DESCOBERTA

  A ilha foi descoberta por Diogo de Teive em 1452, durante uma viagem de regresso da Terra Nova.Contudo, não foi feita muita divulgação da sua descoberta, por esta se ter tornado um excelente ponto de apoio às navegações.

COORDENADAS

  O Corvo que tem dez quilómetros de cumprimento e cinco de largura, situa-se entre os 39º40´de latitude Norte e os 31º5´de longitude Oeste.

DOAÇÕES

  A ilha foi doada por D.Afonso V ao seu sobrinho, o Duque de Bragança.Na altura dos Filipes foi entregue à família Mascarenhas, que posteriormente a passa à do Duque de Aveiro.Com o enforcamento deste, é confiscada e entregue à coroa.

PLATAFORMAS
  O Corvo e as Flores assentam numa plataforma americana que está a afastar-se cinco milímetros por ano da europeia, onde assentam as outras ilhas do arquipélago.

NEBULOSIDADE

  As altitudes das arribas da ilha(700 metros no Estreitinho) quebram a velocidade dos ventos fazendo subir o ar húmido - vindo da corrente quente do Golfo -, o que provoca  a formação permanente de nuvens.Os ventos predominantes são  de NW e W com velocidade média anual de 18,8Km,Chove mais de Outubro a Março e a temperatura média anual é de 17,6 graus.

ESPÉCIES

  O Corvo, constitui, pela sua diversidade de "habitats", de aves de arribação e de insectos, uma reserva preciosa.Actualmente tem mais de 3oo espécies de flora.

LUGARES

  O Morro da Fonte, o Morro dos Homens, o Caldeirão, a Coroínha, o Serrão Alto, o Braço, a Cancela do Pico, a Fonte Velha, o Porto da Areia, o Porto da Casa, o Boqueirão, o Porto Novo, a Cancela do Pico, os Palheiros, o Fojo e a Furna dos Franceses, são os principais lugares da geografia da ilha.

POPULAÇÃO

  Em nove décadas  a população do Corvo passou de 808 pessoas em 1900 para 480 em 2008.Presentemente encontra-se estabilizada.

Sem comentários:

Enviar um comentário