calendário

sábado, 12 de março de 2011

Devemos assumir os nossos erros.Estou assumindo os meus aqui...

Como qualquer humano cometo erros e cometi um(embora quase chamaria doença) que vou partilhar convosco:
  Desde 2005que comecei a tomar calmantes e à medida que os anos iam passando,o consumo também ia aumentando.A isto juntou-se o álcool, o que evidentemente passou a constituir uma autêntica "bomba".
  Durante praticamente esses anos só com contei com a ajuda da minha família(principalmente da minha esposa) e de muitos, mas muitos poucos amigos.
  Em Junho de 2009, finalmente resolvi admitir a "doença" e iniciei tratamento psiquiátrico.Hoje. sinto-me excelentemente bem, apesar de ainda tomar quatro antidepressivos diários e nunca mais toquei em nenhuma bebida alcoólica.
  Agora sinto-me preparado para iniciar um novo ciclo:quero contribuir para o desenvolvimento da minha ilha, para o bem estar das pessoas, para que o Corvo se torne cada vez mais conhecido,No entanto, a minha família estará sempre em 1º lugar.
  Contudo há gente que me fecha todas as portas.Gente que nunca deu nada à ilha, mas que se julgam superiores aos outros.
  Por muito que tente não queria desistir, mas...
  Será que por termos errado no passado, não temos direito a uma segunda opturnidade?
  Sei que depois de publicar esta nota, provavelmente muitos deixarão de serem meus amigos.Respeito e desejo-lhes as maiores felicidades pessoais e profissionais.

Sem comentários:

Enviar um comentário