calendário

sábado, 30 de julho de 2011

Ilha do Corvo: Reserva da Biosfera amiga das Aves

ilha do Corvo, continua a mudar para melhor. Na noite do dia 20 de Abril a comunidade pôde constatar o avanço dos trabalhos do Projecto LIFE “Ilhas Santuário para as aves marinhas”, que já colocou mais de 200 ninhos artificiais para aves marinhas na ilha.
A ilha do Corvo, declarada reserva da Biosfera pela UNESCO, continua a mudar para melhor. Na noite do dia 20 de Abril a comunidade do Corvo pôde constatar o avanço dos trabalhos do Projecto LIFE “Ilhas Santuário para as aves marinhas”, coordenado pela SPEA e que já colocou mais de 200 ninhos artificiais para aves marinhas na ilha. O Corvo é assim a ilha com maior número de ninhos artificiais de Portugal e sem dúvida mais um aliciante para as aves marinhas, e para todas as pessoas que gostam da natureza na Região.
Ao longo de dois dias, representantes da SPEA, da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar e da Câmara Municipal do Corvo discutiram os avanços do Projecto LIFE, que começou no mês de Janeiro de 2009, e que visa recuperar os habitats e melhorar as condições de nidificação das aves marinhas dos Açores através de actividades concretas na ilha do Corvo e no Ilhéu de Vila Franca, em São Miguel.
Pedro Geraldes, Coordenador do Projecto LIFE salienta: “Até hoje colocámos mais de 200 ninhos artificiais no Corvo, equipados com sistemas de chamamento sonoro para atrair as aves marinhas que no passado nidificavam em toda a ilha. Infelizmente a presença de ratos e gatos introduzidos pelo homem diminuiu radicalmente estes números, mas o projecto está a testar tecnologias de última geração para conseguir reverter este processo”.
Integradas nas acções do projecto foram ainda realizadas várias acções de educação ambiental, campanhas de marcação e esterilização de animais domésticos e acções ligadas à gestão e tratamento de resíduos.
No total, mais de 1 milhão de Euros, co-financiados pela SRAM e a Comissão Europeia, serão investidos até 2012, e os principais beneficiados, além das aves marinhas, serão os habitantes da ilha do Corvo e os visitantes do ilhéu de Vila Franca, que vão poder ver como os habitats, fortemente alterados pelo homem, podem recuperar o seu aspecto natural inicial.
Frederico Cardigos, Director Regional do Ambiente dos Açores, salienta “em pleno Ano Internacional da Biodiversidade, a protecção activa das populações de aves marinhas dos Açores é um factor crucial para a valorização do nosso património natural. Neste projecto, os objectivos já atingidos fazem-nos encarar o futuro com entusiasmo e confiança na identificação de uma metodologia para erradicar autênticas pragas, como os ratos, numa parte significativa das ilhas e ilhéus dos Açores.”
                                                                                                 Texto da "SPEA"

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Polémica no Corvo entre a Diocese dos Açores e os Escuteiros.

A Diocese de Angra admite que possam existir deficuldades de comunicação. Afirma que ofereceu outros dois locais, mas que foram recusados. E lamentam o abaixo assinado que corre agora no Corvo


A Diocese de Angra admite que possa existir algum problema de comunicação neste processo, mas garante que não falta e nem faltou apoio aos escuteiros da ilha do Corvo.

Adriano Borges, Ecónomo da Diocese, confirma que o imóvel foi emprestado para sede. mas as dificuldades atuais e uma boa proposta financeira para a compra da casa alteraram o rumo dos acontecimentos.

A Diocese e a paróquia afirmam que deram ao agrupamento dos escuteiros do Corvo duas alternativas para sede, mas ambas foram recusadas.

O Ecónomo da Diocese lamenta a situação agora gerada com o abaixo-assinado que corre no Corvo.

Reafirma que a igreja católica dos Açores continua a disponibilizar dois espaços para a sede dos escuteiros no Corvo, se a direção quiser.

                                                                                                                            in "RDP/A".

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Beach Party


Há quem diga que os jovens corvinos não tem iniciativas.Discordo totalmente.
   Depois de ter elogiado publicamente o Iasalde Nunes, pela dinâmica que introduziu na restauração da ilha, agora refiro-me ao Lubélio Mendonça por ser um dos mentores deste evento.
   No entanto, e, para mim, o mais importante é o facto de só se ter tornado possível, pelo envolvimento em simultâneo de jovens florentinos e corvinos.Sempre defendi, defendo e defenderei que somos muito poucos para andarmos de costas voltadas.
   Espero, sinceramente que mais iniciativas em conjunto surjam.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Acreditem que compreendo este testemunho.


A experiência da depressão
Para quem se sente tão no fundo do poço que já não vê qualquer luz, alegria é algo que parece ter ido para nunca mais voltar. O sentimento de inutilidade, de “não sirvo para mais nada”, a falta total de disposição para tudo leva, a cada momento, mais para o fundo do poço; essa sensação vai se tornando cada vez mais devoradora das poucas forças que ainda se tenha.
Não sou psiquiatra nem psicóloga, mas tenho uma “certa experiência” no tema da depressão. Digamos que convivi com ela, em sua fase mais aguda, por mais de 7 anos e ela ainda convive comigo, 24horas por dia! Sem dúvida, agora, graças a Deus, já com características mais leve.
Quem passou por uma depressão grave entenderá melhor do que ninguém o porquê da necessidade tão grande de sentir-se apoiado, compreendido, querido: é realmente uma questão de sobrevivência! Quando nem você se aguenta a si mesmo, quando gostar de si parece ser impossível, a necessidade de que os outros nos queiram, nos façam companhia, respeitando nossa dor; a necessidade de que compreendam que a situação em que vivemos não é uma questão de moleza nem de covardia, tudo isso é como oxigénio para continuar respirando, oxigénio para sobreviver!
Nessa terrível e indescritível situação, não se consegue sequer pensar que ainda exista quem possa ficar ao nosso lado; isto sem falar de que nos sentimos sem capacidade de amar quem quer que seja, parece que só conseguimos ferir e magoar. É incrível, mas se chega a pensar que amar aos outros como a si mesmo é um mau negócio para os outros, porque a medida do amor a nós mesmos é ínfima.

sábado, 16 de julho de 2011

Detalhes da ilha.

                                                          Praia da Areia
                                                          Pormenores
                                                          Rochas
                                                          Caminhos
                                                          Grades Brancas
                                                          Rochedos

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Pleno de actualidade.

       CARTA DE ABRAHAN LINCOLN AO PROFESSOR DO SEU FILHO.
Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe por favor que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales.
Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.
Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.
Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.
Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.
Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.
Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.
Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor."

Abraham  Lincoln, 1830

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Navio "Ponta Delgada"

O Navio Ponta Delgada iniciou as suas viagens para o Grupo Ocidental nos anos 60 e terminou em meados dos 80.
  Tinha as seguintes características técnicas:
  




   Ano de construção ... 1962
Comprimento fora a fora ... 67,2 m
Boca máxima ... 10,2 m
TAB ... 1.054 Toneladas
Passageiros ... 400
Armador ... Empresa Insulana de Navegação (1962-1974); CTM - Companhia Portuguesa de Transportes Marítimos (1974-1985); a partir de 1985 - Comtramar

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Carta de uma jovem antes de falecer.


Fui à festa, mãe.

Fui à festa, e lembrei-me do que me disseste. Pediste-me que eu não bebesse álcool, mãe...

Então, bebi uma 'Sprite'. Senti orgulho de mim mesma, exactamente o modo como me disseste que eu me sentiria.

E que não deveria beber e de seguida conduzir.
Ao contrário do que alguns amigos me disseram.

Fiz uma escolha saudável, e o teu conselho foi correcto.
Quando a festa finalmente acabou e o pessoal começou a conduzir sem condições, fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz...
Eu nunca poderia esperar... Agora estou deitada na rua e ouvi o policia dizer: 'O rapaz que causou este acidente estava bêbado'. Mãe, a voz parecia tão distante... O meu sangue está por todo o lado e eu estou a tentar com todas as minhas forças não chorar... Posso ouvir os paramédicos dizerem: 'A rapariga vai morrer'...

Tenho a certeza de que o rapaz não tinha a menor ideia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e conduzir!! E agora eu tenho que morrer. Então... Porque é que as pessoas fazem isso, mãe? Sabendo que isto vai arruinar vidas? A dor está a cortar-me como uma centena de facas afiadas.

Diz à minha irmã para não ficar assustada, mãe, diz ao pai que ele tem que ser forte. Quando eu partir, escreva
'Menina do Pai' na minha sepultura...
Alguém deveria ter dito àquele rapaz que é errado beber e conduzir. Talvez, se os pais dele o tivessem avisado, eu ainda estivesse viva...
Minha respiração está a ficar mais fraca mãe, e estou a ficar realmente com medo. Estes são os meus momentos finais e sinto-me tão desesperada... Gostaria que tu pudesses abraçar-me mãe, enquanto estou aqui esticada a morrer, gostaria de poder dizer que te amo mãe...

Então... Amo-te
Adeus...'

________________________________________

Estas palavras foram escritas por um repórter que
presenciou o acidente.

A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o jornalista ia anotando...

Muito chocado.

Este jornalista iniciou uma campanha.
Se esta mensagem chegou ate ti e tu a apagares, podes estar a destruir uma boa forma de consciencializar um grande número de pessoas; fazendo com que a tua vida, TAMBÉM CORRA PERIGO!!!!!!!!!!!

domingo, 3 de julho de 2011

Irrita-me profundamente!!!

- pessoas falsas, mentirosas e cínicas.
- que tem a mania da superioridade.
- que se julgam os únicos donos da verdade.
- que não usam meios para atingir os fins.
- que são desonestos.
- que são ingratas.
- que não reconhecem os seus erros.
- que são amigos da "onça".
- que são fanáticos.
- que não reconhecem o valor dos outros.
- que são capazes de dizer sim a tudo, só para não desagradarem.
- que não tem a noção do ridículo.
- que fingem tanto que até se esquecem que são uns fingidores
- que são imodestas.
- que são ressabiadas.
- que são tudo isto e muito mais....