calendário

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Como consegui deixar de fumar (IV)

A DECISÃO, que chegou no dia 07 de Maio de 2011.Já a tinha tomado, mas ainda não tinha dito a ninguém.
   Passei o dia com a família, passeei, fui ao café e fumei muito, muito mesmo...
   À noite fui ao Skype, onde, como habitualmente falei com os meus amigos, mas evitei o assunto do tabaco.Falámos de tudo e de nada...mas falámos muito.Por volta das 00h00, disse-lhes que ia desligar, mas disse-lhes também que tinha sido a última vez que me tinham visto a fumar.
   Ainda hoje recordo-me das suas expressões.Um misto de espanto, surpresa, cumplicidade, mas também de quem achava que talvez estivesse a brincar...
   Depois falei com os meus filhos.Disse-lhes que o pai nunca mais fumaria.Nunca, mas nunca me hei-de esquecer do seu sorriso, da sua alegria, do brilho nos seus olhos e dos abraços e beijos que me deram.
   Fumei-me deitar.Estava pensativo, mas firme.Fumei os últimos cinco cigarros do maço quase de seguida.Eram precisamente 01h24 minutos do dia 8 de Maio de 2011, quando apaguei o último.
   Pedi à minha esposa que arrumasse o cinzeiro, o acendedor e tudo o que estivesse relacionado com o tabaco.Fê-lo imediatamente.
   Foi o fim de mais de 30 anos de fumador.
   Se é difícil: É!!!
   Se é impossível: NÃO!!!
   Se consegues: SIM!!!

1 comentário:

  1. Muito cedo para cantar vitorias, eu deixei de fumar à 12 anos, e ainda hoje me apetece fumar, principalmente quando a vida não corre bem. Mas fiz uma jura a mim mesma de nunca mais fumar e vou cumprir.Força.

    ResponderEliminar